sábado, 26 de dezembro de 2009

Instante distante

Seria bom, se trocássemos olhares,
mesmo que fossem sem querer;
você, tentando se esconder,
eu, escondido em meus pesares.

Seria bom, se tocássemos ombros,
mesmo que fosse um tanto;
você, exalando todo encanto,
eu, perdido em meus escombros.

Bom se aproximassemos rostos,
para ao menos, sentirmos gostos.

Uma pena, estar-mos distantes
e não termos sequer um instante.

2 comentários:

Vera Celms disse...

Leão,
tudo verdade... mas sabe que descobri uma coisa? adoro ser surpreendida!!! FELIZ PERÍODO DE NATAL ... quem sabe ano que vem... beijos da LEOA...

Leo Lemos... disse...

Hum... mais verdade verdadeira impossível... ai de mim que sou romântico e saudosista...
otimos textos