sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Algumas

Fosse eu apenas,
tão só seria, mas, sou centenas.
Me reparto em todas
e me recordo em tudo.
Sou as muitas vidas
em que vivi iludido.
Sou as muitas mortes
que morri escondido.

Fosse eu apenas,
seria todo só eu, mas,
sou também helenas
e isauras e marias.
E me retiro em todas.
Rezo as rezas santas,
sem ter um anjo sequer
que fique dentro de mim.

De muitas, sou só algumas,
de todas, sou uma só.
Que seja melhor assim !

Um comentário:

Flor de Lys disse...

=)
Somos tantos em um só...
Lindo, querido!
Obrigada pela visita lá!

;*