sábado, 31 de janeiro de 2009

Fuso confuso

Ando meio desorientado
com teu horário, teu fuso;
depois que você partiu,
fiquei solitário, confuso.

Ando meio desanimado,
entrei até em parafuso
tantas saudades, dores,
deixaram-me assim, difuso.

Se onde estás, já é dia,
aqui, é noite ainda;
tempo todo desconsolado.

À essa hora, você me sorria
e eu bobo, te via linda.
Ah ! Fuso descontrolado !

Um comentário:

Rosa Desfolhada disse...

Estou realmente encantada com suas rimas... rimas de sentimentos e sentidos... dores e amores...

Gosto do seu estilo!

=D